Mauro Iasi: a exceção é a regra

“Diante da barbárie instalada e da descarada ação autoritária do Estado brasileiro nas manifestações, muitos têm utilizado a expressão “Estado de exceção”, indicando o risco da naturalização de práticas que desconsideram o ordenamento jurídico estabelecido e os princípios de um suposto “Estado de direito”, que teria substituído a ditadura militar.

 

Compreendemos a intenção daqueles que assim procedem no justificado intuito de defesa da ordem constitucional, de princípios elementares na defesa dos direitos humanos e de práticas, digamos, civilizadas. Há, no entanto, um risco que reside no fato de supor que existe uma forma, considerada virtuosa, que consiste no respeito formal das regras e procedimentos, sendo os “desvios” apenas anomalias que, se controladas, tudo funcionaria bem. Infelizmente, a realidade da sociedade brasileira parece provar que a exceção é a regra.”

http://www.correiocidadania.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=9218:politica060114&catid=25:politica&Itemid=47

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s