Subúrbios da caneta

Imagem

Publico aqui a apresentação que eu e Reynaldo Damazio escrevemos para a antologia Subúrbios da caneta – poemas do Coletivo Tantas Letras!, que organizamos e será lançada em breve pela editora Dobra.

A antologia reúne poemas de Airton Gonçalves Mendes, Ana Lúcia Silva, Bete Rodrigues, Conceição Bastos, Danubia Ivanoff, Diogo Cardoso, Elaine Camilo, Fabio Rodrigues do Nascimento, Jayme Perin Garcia, Jémina Diógenes, Karin Hessel, Letícia Mendonça, Liliane Pinatti, Lucas Bronzatto, Luiz D Salles (autor também da bela foto acima), Rogério Cabeça, Silvio José Pedro, Su Simon e Valdir Bernardo Junior.

O primeiro dos lançamentos será na Casa das Rosas, em 17 de julho. Apareçam!

 

APRESENTAÇÃO

Reynaldo Damazio, Tarso de Melo

 

Oficinas literárias são sempre imprevisíveis. Sabemos normalmente porque surgiram, mas dificilmente sabemos onde podem chegar.

Este foi o caso do projeto Tantas Letras!, realizado pela Prefeitura de São Bernardo do Campo entre 2007 e 2011, logo após a realização de um concurso literário na cidade. Dos limites de uma premiação, sempre passageira e questionável, a permanência do aprendizado, do diálogo, da leitura e da construção de uma experiência literária significativa. Mais do que ensinar a escrever criativamente, o propósito era formar repertórios, discutir livremente literatura, como prática amorosa, persistente, cotidiana, entrega e ofício.

No início, eram três oficinas acontecendo paralelamente, de poesia, prosa e crítica. Além dos oficineiros, os grupos tinham contato com escritores, jornalistas, sociólogos, historiadores, psicanalistas e profissionais de áreas diversas, convidados, que traziam novas perspectivas e questionamentos para o universo da literatura. Nos últimos módulos do Tantas Letras!, os três caminhos se fundiram numa única turma, misturando gêneros, vozes, inquietações.

Os poemas que compõem este livro foram escritos em períodos muito diversos, alguns à época dos cursos, outros mais recentemente, mas têm em comum o fato de serem estimulados por isso que hoje se chama “Coletivo Tantas Letras!”, um grupo de poetas que, tendo passado, em alguma ocasião, pelos cursos, vem se reunindo em conversas e saraus em diferentes lugares. Registre-se, contudo, que o Tantas Letras! não era apenas poesia e seria muito importante que, em breve, a prosa e a crítica escritas pelos participantes dos cursos também ganhassem suas antologias.

Muitos dos poemas que estão agora neste livro já são “clássicos” entre os frequentadores dos Tantas Letras!, mas, somados à produção mais recente,  darão agora a todos os leitores a oportunidade de invadir aquele que é praticamente o seu “habitat natural”: ao passar as páginas deste livro, ouvindo as vozes diversas que nele coexistem, o leitor terá uma ideia de como era intensa a troca nas salas em que as oficinas aconteciam ou mesmo como ainda é mais intensa a troca nas mesas e balcões em que os poetas do Tantas Letras! hoje se reúnem. Aliás, que valha como um convite para chegar mais perto do encontro real, do poema voando pelos ares, muitas vezes logo após nascer!

O “bando de loucos” que se formou durante os anos do Tantas Letras! e que vem se ampliando, reunindo afetuosa e criativamente num mesmo barco gente das mais diversas idades, origens, ocupações etc., explica por si só que esta antologia seja tão marcada pela diversidade nos modos de indagar o real e de manejar a complexa linguagem do verso. Poesia que expõe o processo de formação e de autoconsciência de seus autores, de exploração de temáticas e dicções, sem fórmulas acabadas.

O que vai nas páginas a seguir é motivo de muito orgulho para todos que estiveram empenhados na organização dos cursos e eventos durante todo este tempo, não apenas pelo reconhecimento do trabalho já realizado, mas pela convicção, cada vez mais forte, de que as consequências do Tantas Letras! estão vivas e continuam imprevisíveis.

Que assim seja –  ´tâmo junto!

Anúncios

Um comentário sobre “Subúrbios da caneta

  1. Silvestre 4 de novembro de 2015 / 13:19

    gostei muitissimo disto desejo vos muita forca e continuem assim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s