Sobre poesia, ainda: Ricardo Aleixo

aleixo

1. A hiperexposição de tudo que pensamos, sentimos, imaginamos, no tempo real das redes sociais, blogs etc., obriga a poesia a procurar outra coisa para fazer? Se não, por que a poesia não se confunde com isso? Se sim, que outra coisa seria essa?

Não. A poesia, seja lá o que for “a poesia”, me parece ser, desde sempre, essa outra coisa que se busca “para fazer”. E, claro, tudo se confunde com tudo nesse vastíssimo agora que vem, pelo menos, da segunda metade do século XIX.

2. A dificuldade para encontrar o «tal lugar da poesia» no mundo leva os poetas a “em vão e para sempre repeti[rem] os mesmos sem roteiro tristes périplos”?

Em vão? Para sempre? “Sem roteiro” é uma ideia que me diz muito, périplos, também, mas da tristeza associada justo a essa suposta capacidade de movência da poesia, eu nada posso dizer. Poesia talvez seja sair do lugar, e isso, pelo menos para mim, é uma possibilidade enorme de alegria.

3. O poeta continua a ser um fingidor e a poesia, um “fingimento deveras”?

Me agradam essa imagem e o poema de que ela foi desentranhada, mas eu nunca quis tomá-los tão ao pé da letra. Poeta e poesia são, eu creio, isso e muitas outras coisas não ditas pelo Pessoa.

4. “Tenho que dar de comer ao poema. / Novas perturbações me alimentam:/ Nem tudo o que penso agora/ Posso dizer por papel e tinta”. Do que seus poemas têm fome?

De palavras. E de silêncios.

5. Indique UM poema que lhe parece, hoje, especialmente «fazer todo o sentido». Por quê?

Não posso. Em meio à pletora de poemas que já li, só me interesso mesmo por aqueles que ainda têm, que terão sempre alguma ponta solta, isto é, algum sentido que talvez jamais eu venha a apreender inteiramente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s